Descalço nos trópicos sobre pedras portuguesas

:

Gênero(s): Poesia,

Descalço nos trópicos sobre pedras portuguesas, de Thiago Camelo é composto de 15 poemas, de extensão e métrica variáveis, com especial destaque para os poemas mais longos, em que o autor define sua poiesis: “Agora já é passado”, “Histórias tristes precisam ser contadas” e “Você me conhece, eu nunca durmo”. Como nada que um poeta seguro de seu ofício como Thiago Camelo faz é fortuito, estes poemas estão dispostos no início, meio e fim do livro, como que para definir a respiração da leitura.

Parafraseando um famoso de verso de Alexander Pope, podemos dizer que nos poemas de Thiago “o universo é a minha caça”, onde especulações sobre a Segunda Lei da Termodinâ­mica e a crescente entropia são sucedidas pela obsessão momentânea pela dinâmica do arremesso de Stephen Curry ou pela invenção da Fanta pelos nazistas. Como o texto de apresentação de Miguel Conde define com precisão, Thiago faz “a aposta alta, corajosa, de que tudo pode caber no poema.”

 

Dados Técnicos
  • ISBN: 978-85-69020-22-6
  • Edição: Primeira
  • Páginas: 96
  • Formato: 13,5x20
  • Encadernação: Brochura
  • Preço: 30,00